Projetos de Leitura 2


Apresento para vocês, hoje, meus projetos de leitura. Confidências: sou a louca das listas, então como deixar de fazer listas relacionadas a esse universo que amo tanto? Claaaaro que fiz várias listas de livros que gostaria de ler, de todos os tipos, para todos os gostos. Porquê? Porque sim, ora bolas! 🙂

Deixa eu explicar melhor. Eu amo livros e isso vocês já sabem. Que compro mais do que dou conta de ler, ah, isso você não fazia ideia né? 🙂 Bem, fico perdida no meio de tanto livro, com vontade de ler tudo ao mesmo tempo, junto e misturado. Efetivamente faço isso. Agora estou lendo três livros ao mesmo tempo. Siiim, dou conta. Nããão, não misturo as ideias, anoto tudo que me interessa. É que gosto da variedade, da possibilidade de descansar 🙂 largando um livro e pegando outro. Maaaas, tudo tem limites. 🙂 É preciso que uma cidadã se organize de vez em quando, você não acha? Enfim, é isso. Leio por amor. Cada pessoa tem sua forma de fazer as coisas, de se colocar no mundo. Eu faço desse jeito e sabe que tá funcionando?

Como eu resolvi fazer: eu uni as listagens da Revista Bravo sobre os cem livros essenciais da literatura mundial e a lista também da mesma revista sobre os cem livros essenciais da literatura nacional, mais a lista dos indicados no livro “1001 livros para ler antes de morrer”, maaais alguns livros indicados pela Tatiana Feltrin (adoro o canal da Tatiana! Passem lá no Tiny Little Things e curtam muito!), mais os livros do projeto Conhecendo o mundo sem sair de casa. Veja mais sobre ele aqui.  Além disso, alguns livros que estão aqui na minha prateleira e olham para mim, gritando: me leia, me leia! Pode ser que eu substitua o livro indicado por algum outro do mesmo autor e que eu já tenha na biblioteca. Por fim, vou inserindo o que for surgindo 🙂 Sem estresse, sem pressa, sem pressão. Um livro pode fazer referência a outro, então porque não incluí-lo também nas minhas listas?

Sabe como ficou a listagem? Assim:

  1. Pedro, o Grande, Robert K. Massie;
  2. Cidade do Fogo Celestial, Cassandra Clare;
  3. Um farol no pampa, Letícia Wierzchovski;
  4. Ilíada, Homero;
  5. Bagagem, Adélia Prado. Substituição possível: Filandras;
  6. Robison Crusoé, Daniel Defoe;
  7. As mil e uma noites,  Anônimo;
  8. Story Telling, Fernando Palácios;
  9. O nome da Rosa, Umberto Eco;
  10. Garota Exemplar, Gillian Flynn;
  11. Odisséia, Homero;
  12. O Cortiço, Aluísio Azevedo;
  13. O adulto, Gillian Flynn;
  14. O Conto do Cortador de Bambu, Anônimo;
  15. Oficina de escrita criativa, Solimar Silva;
  16. Anarquistas Graças a Deus, Zélia Gattai;
  17. Hamlet, William Shakespeare;
  18. Lira dos Vinte Anos, Álvares de Azevedo;
  19. Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley;
  20. O romance de Genji, Murasaki Shikibu;
  21. Você já pensou em escrever um livro?, Sonia Belloto;
  22. Os melhores contos de H.P. Lovecraft;
  23. Dom Quixote, Miguel de Cervantes;
  24. Noite na Taverna, Álvares de Azevedo;
  25. Um porto seguro, Nicholas Sparks;
  26. Como escrever diálogos, Silvia Adela Kohan;
  27. O romance dos três reinos, Luó Guanzhong;
  28. O tempo e o vento, Érico Veríssimo;
  29. A Divina Comédia, Dante Alighieri;
  30. Quarup, Antonio Callado;
  31. Chapeuzinho Vermelho e outros contos de Grimm;
  32. Shuihu Zhuán, Shi Nai’an e Luó Guanzhong;
  33. A escrita criativa – pensar e escrever literatura, Coordenador Luiz Antonio de Assis Brasil;
  34. Flores, Afonso Cruz;
  35. O paraíso na outra esquina, Mario Vargas Llosa;
  36. Em busca do tempo perdido, Marcel Proust;
  37. Brás, Bexiga e Barra Funda, Antônio de Alcântara Machado;
  38. O outro lado de mim, Sidney Sheldon;
  39. O asno de ouro, Apuleio (Lucius Apuleius);
  40. Seis propostas para o próximo milênio, Italo Calvino;
  41. A Rainha Branca, Philipa Gregory;
  42. Ao farol, Virgínia Woolf;
  43. Crônica de uma morte associada, Gabriel Garcia Marquez;
  44. Ulisses, James Joyce;
  45. Romance d’A Pedra do Reino, Ariano Suassuna;
  46. O diário de Bridget Jones, Helen Fielding;
  47. Tirant L Blanc, Joanot Martorell;
  48. Truques da Escrita: para começar e terminar teses, livros e artigos, Howard S. Becker;
  49. Submissão, Michel Houellebecq;
  50. Guerra e Paz, Lev Tolstói;
  51. Ópera dos Mortos, Autran Dourado;
  52. ———Escolher uma sátira ————;
  53. A Celestina, Fernando de Rojas;
  54. 5 lições de story telling: fatos, ficção e fantasia, James McSill;
  55. Maldosas, Sara Shepard;
  56. Crime e castigo, Fiódor Dostoiévski;
  57. O Uruguai, Basílio da Gama;
  58. O Chamado do Cuco, Robert Galbraith;
  59. Amadis de Gaula, Garci Rodriguez de Montalvo;
  60. A personagem de ficção, Antonio Candido e outros;
  61. O evangelho segundo Jesus Cristo, José Saramago;
  62. Os ensaios, Michel de Montaigne;
  63. O tronco, Bernardo Elis;
  64. Maus: a história de um sobrevivente, Art Spiegelman;
  65. Ler e escrever: estratégias de produção textual, Ingedore Villaça Koch;
  66. A ciranda das mulheres sábias, Clarissa Pinkola Estés;
  67. Otelo, William Shakespeare;
  68. A escrava Isaura, Bernardo Guimarães;
  69. O escaravelho do diabo, Lúcia Machado de Almeida;
  70. A vida de Lazarilho de Tormes, Anônimo;
  71. Sherlock Holmes: obra completa, Arthur Conan Doyle;
  72. Madame Bovary, Gustave Flaubert;
  73. Morangos Mofados, Caio Fernando Abreu;
  74. Por lugares incríveis, Jennifer Niven;
  75. Gargântua e Pantagrel, François Rabelais;
  76. A arte de escrever, Schopenhauer;
  77. A guerra dos tronos (As crônicas de gelo e fogo, vol. 1), George R. R, Martin;
  78. Fausto, Goethe;
  79. A Rosa do Povo, Carlos Drummond de Andrade;
  80. Todos os contos, Clarice Lispector;
  81. Orgulho e Preconceito, Jane Austen;
  82. O processo, Franz Kafka;
  83. Claro Enigma, Carlos Drummond de Andrade;
  84. Série o mochileiro das galáxias, Douglas Adams;
  85. Jornada ao Oeste, Wú Chêng’en;
  86. Livros: um guia para autores, Paulo Tedesco;
  87. A ilha sob o mar, Isabel Allende;
  88. Doutor Fausto, Thomas Mann;
  89. Os escravos, Castro Alves;
  90. Extraordinário, R. J. Palacio;
  91. O viajante desafortunado, Thomas Nashe;
  92. A arte da ficção, David Lodge;
  93. Clássicos ilustrados para crianças, Edições Usborne; 🙂
  94. Thomas of Reading, Thomas Deloney;
  95. O poder da ação, Paulo Vieira;
  96. As flores do mal, Charles Baudelaire;
  97. Espumas flutuantes, Castro Alves;
  98. Escreva seu livro – guia prático de edição e publicação, Laura Bacellar;
  99. Em algum lugar nas estrelas, Clare Vanderpool;
  100. O som e a fúria, William Faulkner;
  101. O romanceiro da inconfidência, Cecília Meireles;
  102. Aconteceu naquele verão: doze histórias de amor, Organização de Stephanie Perkins;
  103. Valise de Cronópio, Julio Cortázar;
  104. Zorro, Isabel Allende;
  105. A terra desolada, T. S. Eliot;
  106. Mar absoluto, Cecília Meireles;
  107. ——Outra sátira, só para variar ———–;
  108. Los Trabajos de Persiles e Sigismunda, Miguel de Cervantes;
  109. O iluminado, Stephen King;
  110. Teogônia, Hesíodo;
  111. A hora da estrela, Clarice Lispector;
  112. O xará, Jhumpa Lahiri;
  113. O aventuroso Simplicissimus, Hans Von Grimmelshausen;
  114. Laboratório do jovem escritor: gêneros literários e narração, Sérgio Vieira Brandão;
  115. Maze runner: correr ou morrer, James Dashner;
  116. Metamorfoses, Ovídio;
  117. Broquéis, Cruz e Souza;
  118. Algum mangá ou HQ;
  119. A princesa de Cléves, Marie-Madeleine Pioche de Laveigne;
  120. O prazer do texto, Roland Barthes;
  121. Infância, Graciliano Ramos;
  122. O grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald;
  123. O vampiro de Curitiba, Dalton Trevisan;
  124. Naquele dia, Dennis Lehane;
  125. Oroonoko, Aphra Behn;
  126. Crítica, literatura e Narratofobia, Rodrigo Gurgel;
  127. O casamento, Nelson Rodrigues;
  128. Uma temporada no inferno, Arthur Rimbaud;
  129. O pagador de promessas, Dias Gomes;
  130. O capote, Nikolai Gógol;
  131. Por que fazemos o que fazemos: aflições vitais sobre trabalho, carreira e realização, Mario Sergio Cortella;
  132. O alquimista, Paulo Coelho;
  133. Os trabalhadores do mar, Victor Hugo;
  134. Os ratos, Dyonélio Machado;
  135. As crônicas de Nárnia, C. S. Lewis;
  136. Love in Excess, Eliza Haywood;
  137. Sapiens: uma  breve história da humanidade, Yuval Noah Harari;
  138. Capitães de Areia, Jorge Amado;
  139. A rainha de Tearling, Erika Johansen.

Ah, é possível que eu inclua mais biografias nessa lista. Talvez, também, livros ligados ao desenvolvimento pessoal. Veremos…:). E, não menos importante, os livros que recebo por assinatura, do Turista Literário e da Tag.

Beijos e me liga!

 

 

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Projetos de Leitura