[Resenha] A Mala de Hana


Livro: A Mala de Hana – uma história real
Título original: Hana’s Suitcase
Autora: Karen Levine
Tradução: Renata Siqueira Tufano
Editora: Melhoramentos
Ano:  2007
Páginas: 112
ISBN: 978-85-06-05097-2

Sinopse: “A mala de Hana é um retrato singelo, mas mostra como era cruel a vida das crianças submetidas ao Holocausto. A história se desenrola em três continentes durante um período de quase setenta anos. Envolve a experiência da garotinha Hana e de sua família na Tchecoslováquia (atual República Tcheca), nas décadas de 1930 e 40: e uma jovem e um grupo de crianças em Tóquio, no Japão: e um homem em Toronto, no Canadá, nos dias de hoje. Um relato que vai sensibilizar a todos, para que horrores semelhantes ao que atingiu Hana e outros inocentes nunca voltem a acontecer.”

Isso é o que as livrarias divulgam como sinopse. O que eu digo é…Hummm…Triste, pero no mucho.  Sei de gente que se lavou chorando, mas não achei uma leitura tão pesada, como zilhões de outras que fiz a respeito do Holocausto. Quer um leitura densa? Então debulhe Treblinka ou Inferno em Sobibor. Esses, sim, são horripilantes, nos deixam tensas e com dificuldade de respirar. A mala de Hana não é assim, até porque é classificado como história infanto-juvenil. Rápido de ler, você consegue dar conta das suas cento e poucas páginas em poucas horas. Leia e depois me conte, combinado? Assista o video com mais ideias a respeito do livro.

 Se preferir, assista no YouTube

Beijos e me liga!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *