Existe corte de cabelo ideal para mulheres maduras?


Dúvida de nossas existências: existe corte, formato, tamanho, cor ideal de cabelo para nós mulheres que passamos dos 40 anos? Pois é. Este tema tem me acompanhando há algum tempo e, curiosa que sou, fui fazer aquela pesquisa básica no Google para saber o que as revistas, sites, blogs para mulheres maduras – ops! Estes quase inexistem! Ainda bem que temos este espaço aqui. Rs… – têm a dizer sobre.

Durante muito tempo, a recomendação era para que mulheres maduras deveriam optar por corte de cabelos curtos e, se possível, clareá-los. Isso por questões de praticidade e também para apresentar seriedade esperada de uma senhora de família. E a maioria de nós seguíamos essas orientações à risca.

Seguíamos. No passado. Porque atualmente o que vemos em alguns editoriais de revistas é que o certo mesmo é optar pelo que nos deixa mais confortáveis e confiantes e, consequentemente, bonitas. Concordo: não existe produto melhor para a autoestima do que sentir-se confiante e confortável. E você?

Quando olhamos para o passado e pensamos nas mulheres de gerações anteriores de nossas famílias, observamos que ser mulher com mais de quarenta anos tinha outro significado e representava um outro estilo de vida.

Aos quarenta algumas mulheres eram avós, dedicavam-se exclusivamente aos cuidados da casa e da família e, dependendo de sua rotina, envelheciam mais rapidamente que a nossa geração.

A tecnologia e as facilidades da vida atual não existiam ou eram pouco acessíveis para muitas mulheres. Já hoje… um minuto de silêncio para agradecer tudo o que torna nossa vida mais simples. 🙂

A indústria da beleza nos brinda com cosméticos para fins diversos. Em termos de cabelos, não ficamos mais limitadas a escolher pelos xampus para cabelos normais, oleosos ou secos. Quem lembra da falta de opções de produtos para os cabelos?

A textura dos cabelos e suas condições sempre foram diferentes, no entanto, essa diversidade não era notada pelas empresas e muitas de nós vivíamos para ter um cabelo que se enquadrasse dentro de um padrão.

Mas esse tempo passou.

Hoje, encontramos produtos para cabelos de pontas secas com raízes oleosas, brancos, cacheados, crespos, tingidos, com luzes, produtos para usar sob o sol do verão, durante o inverno, etc. Isso sem falar na opção de apliques disponíveis no mercado.

Por conta de todas essas inovações, seja na dinâmica do dia a dia, seja por conta da variedade de opções de produtos para cuidar das madeixas, “ter que ter o cabelo cortado assim ou assado” não faz tanto sentido.

O que é muito bacana é que por meio da escolha do corte de cabelo podemos nos expressar, dar corpo às nossas histórias de vidas, nossas experiências. Após os 40 anos, geralmente, alcançamos um grau maior de maturidade e autoconfiança. Por que não contar ao mundo como estamos, por meio do visual? Neste quesito, o corte curto ou pixie, antes uma obrigação, agora é expressão de autenticidade, praticidade e confiança.

O corte médio, também conhecido como long bob, vem com uma identidade mais marcante e é a escolha da maioria das mulheres. Lisos, com franjas ou repicados, ganham movimento, volume ou leveza. Tudo à escolha da freguesa.

Há quem ame e não desapegue das longas madeixas. E está tudo bem. O corte longo faz parte do nosso imaginário quando pensamos em feminilidade. E não é que os outros não transmitam o mesmo, mas o comprimento longo segue sendo o preferido nesse quesito.

Se há dúvidas sobre qual o corte é ideal para você, vale a pena consultar um visagista. O visagismo é uma técnica que busca trazer para a aparência nossas qualidades. O profissional faz um estudo de nosso estilo de vida, preferências, além de formato do rosto, sobrancelha, cor da pele e indica o corte ideal para cada uma de nós.

Para finalizar, achei bacana este infográfico, do site Dicas de Mulher.

Agora eu quero saber: conta aí qual a escolha de vocês quando cortam o cabelo?

Beijos e me liguem!

 

Related posts:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *